10 dicas para vencer seu medo de falar em público

Só de pensar em falar em público a pressão cai e as mãos ficam geladas? Se imaginar falando para uma plateia de 100 pessoas dá aquela revirada no estômago?

Pesquisas mostram que o medo de falar em público é uma das fobias mais comuns. Por incrível que pareça, o medo de falar em público é mais comum do que o medo da morte. Interessante, não?

Você já parou para pensar por que você tem medo de falar para várias pessoas, por que você tem medo de encarar uma plateia? O problema não é simplesmente estar ali na frente. O problema está no medo de ouvir críticas, de errar e não conseguir se corrigir, dos olhares detalhistas, das perguntas embaraçosas.

Mas esses “problemas” são historinhas que nossos pensamentos inventam. As pessoas vão a uma palestra, aula ou demonstração para aprender com o que for apresentado ali. As pessoas não vão simplesmente para encontrar defeitos ou criticar palestrantes. Ok, até existe esse tipo de pessoa, mas, sinceramente, você não deve perder o seu tempo pensando nelas.

Se você quer atingir e impactar muitas pessoas, encare o desafio de subir num palco e ensinar o que você sabe, mostrar o seu trabalho. Quer seja no palco ou na sala de reuniões ou sala de aula, a capacidade de dar uma palestra bem apresentada é crucial para um bom profissional. Uma série de estudos indicam que a fala pode até ser mais importante para o sucesso do trabalho do que as habilidades técnicas.

Falar em público também pode beneficiar sua marca pessoal. Isso pode ajudar a construir sua reputação e solidificar o seu nome como um líder na sua área. Falar em público pode ser uma ótima maneira de fazer novos negócios, ampliar sua rede e também pode abrir a porta para influenciar diretamente outras pessoas e fazer a diferença.

A nível pessoal, falar em público é um tremendo reforço de confiança. Quando dominamos um assunto, confiamos no nosso serviço ou produto, falar para muitas pessoas pode ser assustador no início, mas passados os 10 minutos iniciais, você perceberá o quanto é simples, o quanto a fala flui tranquilamente.

Caso você tenha dificuldades para dar uma aula ou palestra, separei aqui algumas dicas que me ajudaram a me sentir mais confiante ao falar. Espero que eles possam ajudá-lo a vencer o medo de falar em público também.

Leia também:

10-dicas-valiosas-para-falar-em-publico

10 dicas valiosas para vencer o medo de falar em público

1-Prepare-se para sua apresentação

Pode parecer óbvio, mas não espere até chegar ao palco para juntar as ideias. Tire algum tempo para conhecer o seu público e junte todas as suas anotações antes do seu grande dia. Ao se preparar para suas apresentações lendárias, Steve Jobs passava dias ensaiando e recebendo feedback. Escreva seu material, leia suas anotações e pratique.

Tem gente que gosta de aproveitar a emoção do momento para improvisar. Claro que é importante não ser um robô dizendo palavras decoradas. Improvisar é bom, mas não deve ser a regra. Tenha um material preparado com cuidado. Isso demonstra que você se preocupa com o público. Se você for contar com a emoção do momento para se inspirar e falar algo na hora, pode ter certeza que o nervosismo e a insegurança vão acabar com a sua apresentação.

2 -Compreenda os seus medos

Compreenda seus medos e reconheça o porquê por trás deles. É importante reconhecer que é normal sentir ansiedade quando há centenas de olhos em cima de você. Afinal, ser o foco das atenções nem sempre é confortável. Em vez de ir com seus medos, diga a si mesmo que esses olhos não simbolizam problemas, mas apenas um grupo está lá para aprender com você.

Não se sabote com as histórias criadas por você mesmo. As pessoas estão ali para ver o que você tem a mostrar. Elas não querem te criticar, não querem que você faça uma apresentar ruim, elas não querem rir de você. O público quer te ouvir, quer aprender com você.

Leia também:

relaxe

3- Relaxe

Se você tem uma apresentação marcada para amanhã, que tal relaxar um pouco hoje? Se você foca demais no “problema”, a ansiedade só aumenta. Assista a um filme, ouça suas músicas preferidas. Se você já se preparou ao longo dos últimos dias, por que se estressar agora?

Tente pensar em coisas boas. Pense o quanto a sua palestra ou aula vai ajudar várias pessoas, o quanto o seu conteúdo é valioso e importante. Seus pensamentos têm que te acalmar para o grande dia e não te deixar com o coração na boca.

4- Seja acessível

Não sinta que você precisa se colocar em um nível acima do seu público para ser levado a sério. Não seja arrogante, demonstre que você está em conexão com o público. Conte algumas histórias pessoais, seja real e sinta a emoção das pessoas que estão ali com você.

Reserva um tempo da palestra para responder perguntas ou simplesmente ouvir histórias da plateia. Demonstre interesse pelo próximo, demonstre que você é acessível e está no mesmo patamar que aquelas pessoas que estão acompanhando o seu trabalho.

5- Utilize do humor

Isso não quer dizer que todo o seu discurso precisa ser um stand-up de comédia, mas contar algumas piadas leves e adicionar algum humor ao longo da sua palestra pode ajudar a atrair o público e deixar o clima com uma energia boa.

Nunca faça piadas com alguém da plateia. Você vai perder o respeito e as confiança das pessoas. O humor é apenas uma arma para quebrar o gelo inicial e agitar a plateia quando a energia estiver mais baixa.

nao-seja-prolixo

6- Não seja prolixo

Não fale sem parar e não tente mostrar que você tem muito conhecimento e sabedoria. Isso só deixará sua plateia entediada. Tenha um discurso acessível e fácil de compreender. É sua tarefa deixar até os temais mais complicados fáceis de serem entendidos.

Ensine através de exemplos, anedotas e curiosidades facilmente digeríveis. Vai ser mais divertido para você e para sua audiência. Ninguém gosta de acompanhar uma palestra sem interação, com slides cheios de textos gigantes e um palestrante verborrágico.

7 – Respire

Respirar profundamente pode ajudar a acalmar seus nervos, então pause e respire profundamente depois de explicar algo. Pausar por alguns segundos também mostra ao público que você está confiante e não apressando seu material.

Respirar é essencial para manter a tranquilidade e o bom ritmo da palestra. Você não precisa falar sem parar – isso é até irritante. Se você tem apenas 10 minutos para falar, planeje sua palestra para oito minutos, por exemplo. Você precisa falar com calma e respirar entre as frases.

Leia também:

conheca-a-plateia

8 – Conheça a plateia

Nada pior do que montar uma palestra sem conhecer o público. Dificilmente você conseguirá se conectar com as pessoas. Quanto mais você conhece o público, mais à vontade você fica. É estranho subir em um palco sem saber qual o perfil das pessoas que vão acompanhar sua apresentação.

Se você foi convidado para dar uma palestra, pergunte ao organizador qual o perfil das pessoas que vão participar do evento. Se você está organizando a palestra, procure conhecer bem a sua persona. Saiba para quem você está falando.

9- Não tenha medo do seu público

Não tema a multidão. Dar um discurso é basicamente como ter uma conversa em grupo, mas com mais algumas pessoas e, claro, você é o único a falar. O fato é que a maioria da multidão estará lá para te ouvir. Caso contrário, eles nem sairiam de casa. Ou seja, você estará em boa companhia.

10 – Esteja disposto a cometer alguns erros

Não há porque ter medo ou vergonha de errar. É assim que a gente aprende. Talvez, na sua primeira palestra ou aula ou apresentação, você não se saia tão bem e isso é normal. Você precisa adquirir experiência. Você vai melhorar com o tempo.

Lembre-se: somos os nossos piores críticos. Se você não está disposto a cometer erros, você não poderá melhorar. Os grandes oradores não são perfeitos, mas eles são apaixonados por suas mensagens e são capazes de transmitir essa paixão ao público.

Não se preocupe em ser o melhor orador da noite. Em vez disso, concentre-se no seu entusiasmo e na sua unidade. Pense no propósito por trás do seu discurso. Canalize um pouco disso em sua mensagem, e você dará uma conversa poderosa.

Leia também:

converse-com-sua-plateia

Converse com a sua plateia

Quando pensamos em falar em público, a primeira coisa que vem à mente é uma plateia lotada e um palestrante solitário no palco. É quase uma luta, no ringue Palestrante x Público. Mas, na verdade, não é bem assim. Um bom palestrante se conecta com a sua plateia.

Para que a mensagem toque as mentes e até os corações do público, é necessário que haja uma comunicação real entre o palestrante a audiência. Comunicação, neste caso, significa ouvir, conhecer e aprender uns com os outros. É uma via de mão dupla.

A verdade é que não apenas o público deve receber o palestrante ou professor; Ele também precisa buscar pelo, precisa captar e se conectar. Dessa forma, sua apresentação será rica e alcançará os resultados esperados.

Sua mensagem, histórias e marca podem atingir o público de forma mais eficaz quando você se comunica com ele e não simplesmente falando para ele.

Separei aqui algumas dicas de como você, como palestrante ou professor, pode se comunicar com o seu público, pode se conectar com quem está te assistindo. Esses ponteiros podem te ajudar a levar sua apresentação ao próximo nível.

Vamos lá:

1 – Ouça o que não está sendo dito

A coisa mais importante na comunicação é ouvir o que não está sendo dito. O público fala em silêncio, com interjeições, com o corpo. Você precisar ficar atento a esses detalhes. Você deve prestar atenção no seu público.

O silêncio pode significar desinteresse ou pode significar que as pessoas estão mastigando a informação. Balançar a cabeça pode significar que elas se conectam com o conteúdo ou que elas não concordam com seus pontos. Devemos estar atentos a esse tipo de “conversa” da audiência para que possamos saber onde eles estão, o que eles estão obtendo ou não recebendo e se adaptando de acordo.

2-Faça perguntas

As perguntas não devem ser reservadas apenas para perguntas e respostas. Coloque algumas perguntas no meio do seu discurso. Isso faz com que as pessoas queiram prestar atenção e interagir com a palestra. Além do mais, demonstra que você está preocupado com a opinião da plateia.

No início de qualquer apresentação, empresário Gary Vaynerchuk sempre pergunta: “Quantas pessoas nesta sala ouviram falar de mim antes?”. Esta não é uma pergunta narcisista. O que ele está fazendo é tentar determinar qual direção em seu discurso ele deve tomar, dado o que ele sabe sobre seu público. Vaynerchuk é conhecido por seu amor pelas sessões de perguntas e respostas após a conversa, mas o que faz resistir suas conversas reais é que ele não assume que ele já conhece seu público nem que ele já tenha uma direção prévia de onde ele irá. Através da comunicação com a audiência, eles lhe dizem onde ele precisa ir e o que ele precisa para dizer. 

Aprenda a fazer perguntas. Pergunte sobre as necessidades, desejos, experiências e conhecimento do seu público – e ouça-o. Você pode se surpreender e, talvez, mudar o rumo da apresentação.

Leia também:

abrace-um-erro

3-Abrace um erro

Errar não é o fim mundo. Todo mundo já erra. É normal. Então, caso aconteça um imprevisto ou erro, aceite. Contorne a situação. Se errou, peça desculpas e corrija. Segue em frente. Não fique pensando no erro, não se martirize – nem durante e nem depois da apresentação.

Se você errou, não fique o resto da apresentação pensando nisso. Pode sugar sua energia e te desconcentrar. Com isso, você sai perdendo e seu público também. Depois da palestra, pare e revise sua atuação. Aprenda com os erros e imprevistos e faça melhor na próxima vez.

4 – Converse com o público

A conversa com o público não deve ser um monólogo; tem que ser um diálogo. Enquanto você fala lá na frente, as pessoas te respondem na plateia. Se você não ouve essas pessoas, elas também não vão te ouvir. Se você não se conectar com a plateia, você não vai gerar o impacto esperado.

A intenção não é fazer um discurso longo e chato, você deve se comunicar. A intimidade se comunica melhor do que qualquer gênio retórico, dependendo apenas de palavras e carisma.

Você já teve a chance de falar em público? O que você fez para relaxar e desestressar antes do grande evento? Conta pra gente aqui nos comentários.